Dores na prática de exercícios

dores-na-pratica-de-exercicios-blog-vex-suplementos

Todo mundo já teve um amigo que chegou contando que foi pra academia e nunca mais voltou por causa das dores. Mas afinal, qual a dor para se preocupar? Como diferenciar a dor natural, saudável, fruto do trabalho muscular, de uma dor que pode ser o sinal de alerta?

Toda dor é sinal de alerta!

Primeiramente, precisamos deixar claro que a intensidade dos exercícios nem sempre são as mesmas, por exemplo: um atleta se difere de uma pessoa comum. Os atletas geralmente vão até os seus limites, sendo assim, sentem mais dores. Já as pessoas que praticam visando a manutenção da saúde estão propensas a sentir menos as dores do treino.

Tipos de dores:

É importante ficar atento aos tipos de dores…
Segundo especialistas, a queimação durante o treino, principalmente de musculação, é normal, mas a mesma não pode continuar após terminar o treino.
Todo e qualquer detalhe precisa ser notado… A dor é queimação? É aguda? Ou é combinada de formigamento? Em qual parte do corpo se encontra a dor? Ela está insistente? “Corre” pra algum lugar? Tudo isso precisa ser notado para passar para o médico.
Geralmente as dores preocupantes são as com queimação ou com presença de formigamento, mas nem sempre as manifestações clínicas são iguais para todos, por isso é sempre bom consultar um médico.

Mas por que sinto dor quando começo com uma nova atividade?

Quando se começa uma nova atividade, precisa-se ter em mente que o corpo tem um processo de adaptação natural, sendo assim, é normal sentir certo desconforto pós-treino. Mas vá com calma, não se deve sair fazendo tudo o que se vê, deve-se seguir o que o instrutor recomenda. A dor é normal no início, mas depois que já está adaptado, qualquer dor é um alerta de que algo está errado.

O que fazer quando sentir dor?

O ideal é procurar um fisioterapeuta ou médico, pode ser que seja necessária apenas uma correção de algum movimento, ou entrar com algum medicamento. O alongamento nem sempre pode resolver.

O artigo tem caráter informativo e não prescritivo. Consulte um profissional da saúde para saber o que é mais apropriado para o seu organismo.


There is no ads to display, Please add some